domingo, 24 de outubro de 2010

Chove amores em mim
Quando na tarde chegas
E verte risos em minha face

E quer brincar comigo
Como se fosse menino
Que corre atrás da bola

E me arranca suspiros
Quando ficas lânguido
E deixa escapar que me ama

Lou Witt

4 comentários:

  1. A companhia da pessoa amada se valoriza à cada segundo que passa, aumentando mais ainda, a intensidade do amor.

    Beijos e ótima semana pra ti.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite minha linda!!!
    Tudo bem contigo minha flor?
    Obrigado pelo carinho da visita,adorei rs.
    Gostei do seu texto,curiosamente mostra uma fase infantil recheado de um amor maduro e singelo.
    Parabéns.
    Seu blog tá linnnnnnnnnndo,vermelho é a cor da paixão e o meu azul da cor do mar. Ambos com mistérios intermináveis e absolutos.
    Beijos mil.

    ResponderExcluir
  3. Chuva boa essa, chuva da pessoa que se ama....beijos de lina quarta feira pra ti.

    ResponderExcluir
  4. Oi, obrigado pela visita e comentario no blog, mas peço que veja o Castelo, http://castelodopoeta.blogspot.com e comente lá da entrevista da Sandra, do video da Bianca e do poema da Ira. Tá muito legal.

    João Lenjob

    Renascimento
    João Lenjob

    Num jardim que por meu destino alcancei
    Vibrante e com gigantesca beleza
    Perdi-me no sereno olhar de uma flor
    Que irradiava num sorriso discreto
    Suas pétalas doces e macias, suavez
    O foco finitou-se em tão belo ser
    O mundo diminuia na maior das belezas
    Meu olho nada mais via, queria, sonhava
    Meu peito sentia um incômodo acelerar
    Na insensata intensidade de meu seintir
    A minha vida deu ar de renascimento.

    ResponderExcluir

pétalas