quarta-feira, 16 de dezembro de 2009


Nasci às avessas, cresci para o lado oposto do que se julga certo.
Nunca segui padrões, fujo deles até hoje, não gosto de linhas retas, de caminhos exatos, de certezas tolas.
Minha mente é uma tempestade de idéias, nada consegue fazer com que ela fique parada. O mundo das palavras me seduz feito anfetaminas.
Sou definitivamente louca. Nem todas as chaves de fendas do mundo conseguiriam apertar os parafusos de minha cabeça.
O amor é o que me guia, de resto sou incerteza, sou fugaz, sou vento.
Minha alma anda solta, procurando abrigo na poesia que me embala, e nos sonhos que me fazem grande.

2 comentários:

  1. Acabaste d fazer o perfil de felina...rsrs...como diz o Flevio: muito bommmm!!!

    Beijos e uma noite Feliz!

    ResponderExcluir
  2. hehehe
    somos parecidas então.


    bjussss

    ResponderExcluir

pétalas